8 de ago de 2008

Em gotas

* parceria/oficina com Rodrigo Machado Freire.


nossas poesias em calhas
às vezes chove
nem sempre é que escorre
enchem caixas d'água
poesias que caem em lavatórios
umas mãos lavam outras
sob poesias, velhas tomam banho
e que encharcam, que lavam a alma
molham os olhos, brotam dos olhos
há poesias que adubam as sinapses
hoje eu e ele saímos sem guarda-chuva
certo é que são liquefeitas
de uma hidrofobia que não temos
a poesia que se espreme de frutas
que se retira as sementes
pesadas de se comer por fatias
como melancias que refrescam a boca sedenta?
há poesias suculentas
certo é que as poesias se liquefazem...
em corrente sanguínea
me liquefazem as poesias, chovem
e para onde vão quando evaporam?
nuvens
evaporam em gás mental, viram idéias
se destilo a poesia que uísque me embriagará?
algumas já vem destiladas, outras ainda são água
pense bem num alambique... pense só:
canas entrando e saindo poesia
canas moendo-se em garapoesias
doces poesias, formigas juntam-se na moenda
o supra sumo do poema
(oficina para fazermos uma poesia chover)
sim! se dançarmos índios acreditando
se por um acaso serviços novos de meteorologia...
haverá balões meteoropoéticos
decifraremos o grau de poesibilidade do ar
eles podem prever pra daqui a três dias
aviso meteorológico: hoje o ar está saturado de poesia
sim! balões dentro de nós, também birutas
aviões decolando conforme a ditadura natural versificada
homens na pista sinalizando
birutas voando ao sabor do poema
tufões, energias trovoadas, trovadorescas
Noés juntando bichos lá embaixo
um par de cada rima
Deus de fazer poesia fonte de uma juventude
e um gen de cada letra
das poesias acumuladas em poças d'águas
as primeiras vidas do planeta
poesia concreta
brotando da lama
uni celular
uni versos
e o big bang
tem novo sentido explosivo...
um núcleo infinitesimal de energia criativa, que explode
e o verso se fez verbo
no verso do verbo o brev'instante
a poesia nos levava e riamos em rio iríamos
numa aventura pluvio métrica
nós dois saímos sem guarda-chuvas




(Mê & Rodrigo)

08/05/2008